RELVA                                                                                                 

  RELVA NATURAL      RELVA ARTIFICIAL  


 
A saúde e beleza visual da relva só dependem de uma coisa crucial que é terra excelente, tanto em termos de estrutura e de textura, uma terra saudável permite a fácil absorção de água, ar, nutrientes e raízes, tudo aquilo que precisa para estar a 100%. Embora a água seja crucial para a saúde da relva, dando-lhe os nutrientes essenciais para crescer e reproduzir, regar em excesso pode dissipar esses nutrientes e ao manter a relva molhada durante muito tempo, isso torna-a susceptível à contracção de doenças e pragas.
Água a mais pode ser tão prejudicial como uma seca, ou seja, nesta matéria é preciso, acima de tudo, sensibilidade e bom senso, 
saiba que a relva de jardim não necessita de mais de 2,5 cm de água por semana, incluindo o que chover, bastando regar uma vez por semana ou duas vezes dependendo do tipo de solo ( PH ).
Existe um mito comum que diz que as relvas mais bonitas e saudáveis são aquelas que estão cortadas rente ao solo, mas isso não é verdade. Cortar a relva demasiado curta, principalmente nos meses mais quentes do ano, coloca uma tensão excessiva sobre a mesma. Para ser atractiva, uma relva precisa de estar aparelhada e regular e não necessariamente curta. O ideal é manter a relva numa altura de 7-7.5cm e aparar mais frequentemente.
Regra geral, junta-se a relva cortada e deita-se fora, no entanto, esta deve ser deixada exactamente onde está para assumir o papel de fertilizante orgânico e nutritivo. Recheada de nitrogénio, fósforo, potássio e outros nutrientes essenciais à saúde da relva, é importante aproveitar este recurso natural. Se não gosta desse aspecto “desarrumado”, junte a relva cortada e utilize-a como compostagem orgânica, deitando-a sobre a terra de outras plantas para potenciar o seu crescimento saudável.

Partilhar nas redes sociais  Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Twitter Partilhar no LinkedIn

Departamento Comercial

Facebook

Contactos:

Estrada dos Casais da Charneca
2025-564 Tremês
Santarém
PORTUGAL


GPS: N39º 21´ 42.9“ W008º 46´10.5”

Telefone : +351 243 479 054
Fax           : +351 243 478 140

E-mail      : duvitor@sapo.pt